Capa

Sertões da superação: Mauro Guedes e Filipe Bianchini destacam desafios marcantes na edição 2020

Dupla brasiliense do X Rally Ranger #314 teve que se superar dia após dia e cruzou a linha de chegada na segunda colocação da categoria T1 Brasil

07.11.2020  |  273 visualizações

O Sertões vai muito além da competição. Claro que por se tratar de um campeonato, ninguém quer ficar para trás, mas o maior rali das Américas é muito mais do que uma corrida: para muitos ele é muito mais sobre desafiar os limites dos carros, do corpo e da mente. Nesta edição, que partiu no dia 31 de outubro de Mogi Guaçu (SP) e chegou neste sábado (7) em Barreirinhas (MA), Mauro Guedes e Filipe Bianchini provaram o gosto que tem uma chegada emocionante na rampa final. Enfrentando troca de motor durante a madrugada e uma especial sem freios, os brasilienses terminaram a participação com a segunda colocação na categoria T1 Brasil.

Esse ano o nosso grande diferencial foi a superação, quase todos os dias a gente acabou tendo algum probleminha, mas a gente conseguiu se manter sempre entre os dez na geral. A gente sabe que poderia ter um resultado muito melhor se não tivesse esses problemas. E a superação maior foi o que essa equipe fez ontem. Os caras começaram a trocar o motor ontem às 23h e hoje às 7h eles estavam terminando e eu entrando no carro para deslocar para a largada”, disse o piloto do carro #314 que terminou a sua 14ª participação no rali. “Agora começa a preparação para o ano que vem”, completou.

Mas se engana quem pensar que esse foi a única superação da dupla. Hoje a dupla fez a prova inteira sem freios. “Chegamos para largar e o carro ficou sem freio, ainda paramos para colocar óleo e não adiantou. Viemos na prova inteira sem freio. Conseguimos chegar aqui e essa chegada paga tudo. Valeu a troca de motor, valeu todo sacrifício feito durante a prova. O Sertões é isso, um dia a gente está feliz, no outro a gente está triste querendo desistir… mas tudo se trata de superação. A gente está sempre no limite aqui”, completou.

Para o navegador, o Sertões se superou neste ano. “Esse Sertões foi diferente de todos que a gente já fez, tanto pela organização quanto pela superação. Todo ano o Sertões se supera, mas neste ano nós tivemos que nos superar para acompanhar o que a organização fez. Foi um esforço coletivo: esforço da organização, esforço da equipe para todos ficarem focados aqui... Todo rali tem desafios e superações e a edição 2020 foi a maior prova disso”, definiu Bianchini, que completou sua 11ª participação.

Na rampa de chegada a organização divulgou uma possível data para o Sertões 2021. Serão nove dias de prova, entre 13 e 21 de agosto, e aproximadamente 5 mil quilômetros saindo do Nordeste e chegando no Centro-Oeste ou Sudeste.

Resultado da sétima etapa do Sertões na categoria T1 Brasil, entre Bacabal (MA) e Barreirinhas (MA):
1. #301 Lucas Moraes/Kaique Bentivoglio, 3h34min41s (P2 na Geral)
2. #314 Mauro Guedes/Filipe Bianchini, 3h41min23s + penal de 3h (P24 na Geral)

Resultado final do Sertões na categoria T1 Brasil:
1. #301 Lucas Moraes/Kaique Bentivoglio, 20h37min16s (P4 na Geral)
2. #314 Mauro Guedes/Filipe Bianchini, 27h55min42s (P16 na Geral)

Confira o roteiro e as distâncias do Sertões 2020:

30/10 (sexta-feira)
Prólogo
Velocittà - Mogi Guaçu/SP

31/10 (sábado)
Velocittà
DI: 260km
TE: 205km
DF: 120km
Total: 585km

01/11 (domingo)
Dia de deslocamento até a Bolha 1
Total: 1.580km

02/11 (segunda-feira)
DI: 166km
TE: 353km
DF: 0km
Total: 519km

03/11 (terça-feira) – ETAPA CANCELADA
DI: 0km
TE: 200km
DF: 169km
Total: 369km

04/11 (quarta-feira)
DI: 26km
TE: 329km
DF: 286km
Total: 641km

05/11 (quinta-feira)
DI: 103km
TE: 337km
DF: 172km
Total: 612km

06/11 (sexta-feira) – ETAPA CANCELADA
DI: 128km
TE: 300km
DF: 313km
Total:
741km

07/11 (sábado)
Chegada em Barreirinhas/MA
DI: 2
58,22km
TE:
223,18km
DF:
34,38km
Total:
515,88km

MAIS INFORMAÇÕES À IMPRENSA
P1 Media Relations

CLEBER BERNUCI – MTb 40.166sp
+55 (19) 992 222 517
imprensa@p1media.com.br

CAIO SCAFURO – MTb 79.961sp
+55 (13) 997 568 985
imprensa@cspress.com.br

 

Leia também...
06.11.2020

Mesmo quando o Sertões apenas passa pela região do Parque Nacional, o monstro dá um jeito de encontrar alguma vítima

04.11.2020

Dupla brasiliense fechou a quarta etapa da edição 2020 do maior rali das Américas com a vice-liderança da categoria T1 Brasil

02.11.2020

Dupla brasiliense agora parte em direção para a terceira bolha do maior rali das Américas com um novo desafio a ser superado

31.10.2020

Dupla brasiliense vai chegar no "quintal de casa" na liderança do maior rali das Américas na sua categoria